• Jedaías Januário

Desenvolvimento Sustentável – Um Desafio do Presente para o Futuro


Desenvolvimento sustentável, termo evidenciado intensamente em nosso cotidiano, tanto na mídia, como no trabalho, escolas e faculdades. Mas afinal, qual é a definição de Desenvolvimento Sustentável?

As primeiras referências a este termo começaram a surgir em 1972, durante a primeira conferência da ONU (Organização das Nações Unidas) sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, em Estocolmo, Suécia. O termo utilizado foi o “ecodesenvolvimento”.

No ano de 1983, a primeira-ministra da Noruega, Gro Harlem Brundtland foi indicada pela ONU para chefiar a CMMAD (Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento), com o propósito de aprofundar propostas mundiais na área ambiental.

Em 1987, a CMMAD apresentou um documento chamado “Our Common Future”, que traduzido quer dizer, “Nosso Futuro Comum”. Em partes deste documento estava presente a seguinte definição:

“Desenvolvimento sustentável significa suprir as necessidades do presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprirem as próprias necessidades”

Várias indústrias e start-up zelam por este conceito e, além de praticarem, elas atuam como agentes propagadores da sustentabilidade através de ações sociais, dos seus produtos e de seus serviços. Para o desenvolvimento sustentável ser alcançado é preciso planejamento e o reconhecimento de que os recursos naturais são finitos, portanto, este conceito representou uma nova forma de desenvolvimento econômico, que leva em conta o meio ambiente.

Estando ciente do conceito e da importância do desenvolvimento sustentável, é necessário estabelecer algumas práticas e atitudes. A seguir estão elencadas algumas, entre muitas outras, sugestões para a aplicação da sustentabilidade no cotidiano:

- Reciclagem de diversos tipos de materiais: papel, vidro, alumínio, polímeros, entre outros materiais;

- Coleta seletiva de lixo;

- Geração de energia através de fontes não poluentes, como a solar, eólica, geotérmica, maremotriz;

- Substituição ou redução do uso, em supermercados e lojas, de sacolas plásticas por sacolas plásticas feitas com polímero biodegradável ou pelo papel. Também faz-se necessário o uso de sacolas retornáveis;

- Criação de ciclovias capazes de permitir a utilização de bicicletas como meio de transporte eficiente e seguro, com o propósito de reduzir a quantidade de gases emitidos decorrente da combustão dos motores dos carros;

- Extração de recursos minerais sem provocar impactos ambientais. Isto requer bastante cuidado, por exemplo, a extração de petróleo em alto mar se não feita com cautela pode provocar acidentes ambientais catastróficos;

- Tal como a extração de recursos naturais de florestas, sem prejudicar a fauna da região, também contar com medidas de reflorestamento e estudo do impacto que o processo de extração venha promover;

- Implementação de políticas públicas para proteção do meio ambiente, tal como uma fiscalização mais presente nos lugares que demandam mais preservação.

Há muitas ideias e iniciativas que podem contribuir positivamente para a sustentabilidade do planeta, porém, aplicar estas ideias e dar continuidade às iniciativas requer gastos e desprendimento que nem todos estão dispostos a pagar.

Vale ressaltar também a presença dos Indicadores de Desenvolvimento Sustentável (IDS) disponibilizados no SIDRA (Sistema IBGE de Recuperação Automática), que objetivam acompanhar a sustentabilidade do padrão de desenvolvimento do país. A apresentação dos indicadores segue o marco ordenador proposto em 2001 e revisto em 2007 pela ONU, que os organiza em dimensões (Ambiental, Social, Econômica e Institucional) e temas.

Infelizmente, esta consciência de desenvolver economicamente sem prejudicar o futuro não está presente em todas as indústrias e nem em todos os países. Muitas empresas nos países emergentes ainda visam apenas o lucro, deixando de lado a sustentabilidade. É evidente o aumento da reciclagem, de pessoas que tem passado a usar bicicleta para se deslocar, e o esforço de algumas indústrias em querer ser mais sustentável, porém não são atitudes significativas para o real desenvolvimento sustentável.

Referências:

#desenvolvimentosustentável #sustentabilidade #futuro #desafio #IDS #SIDRA

74 visualizações

Cidade Universitária, Recife - PE, 50740-540 , IMTM (Instituto Nacional de Tecnologia em União e Revestimento de Materiais).

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle